Português Italian English Spanish

Servidores públicos de Carapebus reclamam de salários atrasados

Servidores públicos de Carapebus reclamam de salários atrasados

Data de Publicação: 29 de junho de 2020
Eles ainda não receberam o salário de maio

 

Foto: Expresso Campista
 
Por Edmilson Veloso

Os servidores públicos do município de Carapebus têm passado dias difíceis neste início de ano. Isso porque a prefeita Christiane Cordeiro tem atrasado constantemente o salário dos funcionários nos últimos meses. Para ter uma ideia, estamos no dia 29 de junho e os trabalhadores ainda não receberam o salário referente a maio, que venceu no quinto dia útil.

Em tempos de pandemia do novo coronavírus, muitos funcionários estão buscando alternativas para complementar a renda, já que não garantia de quando vão receber.

Além disso, o município vive com uma crise na área da Saúde e foi alvo de investigação da Polícia Federal. No último dia 9, a PF realizou a Operação Scepticus, que visa apurar fraudes em licitações no Fundo Municipal de Saúde do Município.

Na ocasião, foram cumpridos mandados de busca e apreensão na prefeitura, na Secretaria Municipal de Saúde e no Fundo Municipal de Saúde.

Foram analisados indícios de fraude em dispensas de licitação realizadas para aquisição de medicamentos, equipamentos de proteção individual (EPIs), testes rápidos para detecção do COVID-19, locação de equipamentos e insumos hospitalares e contratação de empresa para montagem de hospital de campanha.

No dia 22 de junho, foi publicado no Diário Oficial de Carapebus, o afastamento do secretário de Saúde, Leonardo Sarmento Charles e do gerente do Fundo Municipal de Saúde, Phellippe Rocha Nogueira, sem prejuízo de suas remunerações. Eles eram alvo da investigação.