Português Italian English Spanish

Homicídios dolosos registram queda de 20% em agosto no RJ

Homicídios dolosos registram queda de 20% em agosto no RJ

Data de Publicação: 15 de setembro de 2020 18:04:00
Esse foi o menor número para o indicador no mês de agosto em toda a série histórica

 

Os homicídios dolosos registraram queda de 20% no estado do Rio de Janeiro em agosto deste ano, na comparação com o mesmo período de 2019. Esse foi o menor número para o indicador no mês de agosto em toda a série histórica, iniciada em 1991 pelo Instituto de Segurança Pública (ISP). No total, foram contabilizadas 320 mortes em agosto de 2019 e 256 em agosto de 2020.

O estado registrou ainda redução de 11% dos homicídios dolosos nos oito primeiros meses de 2020, em relação ao mesmo período do ano passado. De janeiro a agosto deste ano, foram 2.413 vítimas contra 2.723 em 2019. O ISP registrou também queda no número de latrocínios (roubo seguido de morte). Foram 58 vítimas nos oito primeiros meses de 2020, 29 mortes a menos do que no mesmo período de 2019. Em agosto deste ano, foram registrados 11 roubos seguidos de morte.

- A integração entre as polícias Civil e Militar e os investimentos em inteligência têm se refletido nos índices de criminalidade, com redução expressiva em crimes como homicídios dolosos, roubos de rua e latrocínio. Vamos trabalhar para continuar a avançar na política de segurança, que é nossa prioridade, garantindo a qualidade de vida dos cidadãos fluminenses - disse o governador em exercício, Cláudio Castro.

Outros indicadores estratégicos

? Crimes violentos letais intencionais (homicídio doloso, roubo seguido de morte e lesão corporal seguida de morte): foram 2.492 vítimas nos oito primeiros meses de 2020 e 269 em agosto. Esses números representam os menores para o acumulado e para o mês desde o início da série histórica, em 1999. Na comparação com o ano passado, o indicador apresentou queda de 12% em relação ao acumulado do ano e de 18% em relação a agosto de 2019.

?  Morte por intervenção de agente do Estado: foram 878 mortes nos oito primeiros meses de 2020 e 50 em agosto. Na comparação com o ano passado, o indicador apresentou queda de 30% em relação ao acumulado do ano e de 71% em relação a agosto.

? Roubo de carga: foram 3.516 casos nos oito primeiros meses de 2020 e 416 em agosto. Na comparação com o ano passado, o indicador apresentou queda de 33% em relação ao acumulado do ano e de 29% em relação a agosto.

? Roubo de veículo: foram 17.407 ocorrências nos oito primeiros meses de 2020 e 1.793 em agosto. Na comparação com o ano passado, o indicador apresentou queda de 38% em relação ao acumulado do ano e de 44% em relação a agosto.

? Roubo de rua (roubo a transeunte, roubo de aparelho celular e roubo em coletivo): foram 49.201 registros nos oito primeiros meses de 2020 e 5.414 em agosto. Na comparação com o ano passado, o indicador apresentou queda de 42% em relação ao acumulado do ano e de 45% em relação a agosto.